Bem Vindo!

Escola Bíblica Dominical
Venha aprender com o Mestre Jesus!

sábado, 23 de janeiro de 2010

Apostila da Capacitação para Coordenadores e Secretarias da EBD


INTRODUÇÃO


Se perguntarmos a qualquer Diretor de Escola Dominical qual seria sua meta principal para este ano, teríamos algumas respostas parecidas, tais como: crescimento no número de alunos matriculados, aumento na freqüência destes alunos, melhoria na qualidade do ensino, etc. No entanto, seja qual for a meta principal, para que seja alcançada é necessário que todos os membros que compõem a nossa escola exerçam com eficácia suas funções dentro do organismo da EBD.

A Secretaria e Tesouraria desenvolvem um papel muito importante para o sucesso da Escola Dominical, tendo em vista que através de suas informações e organização, fornecem o suporte necessário para o desenvolvimento da atividade fim da EBD, que é o ensino da Palavra de Deus. Menosprezar ou subestimar a importância das ações administrativas destes setores é cometer um erro fatal na gestão de uma Escola Dominical. Neste estudo vamos tratar sobre as atribuições, organização e a prática nestas áreas.

1. ORGANIZAÇÃO

Segundo o Dicionário Eletrônico Aurélio o ato de organizar significa "Constituir o organismo de; estabelecer as bases de; ordenar, arranjar". Na bíblia vemos que os atos de Deus seguem uma ordem ou um planejamento prévio, demonstrando que o Senhor é organizado, e que, por sua vez a Obra de Deus deve ser feita com organização. Embora, saibamos que a realidade das nossas EBD's está muito longe do ideal (apresentado aqui), devemos trabalhar para que no menor espaço de tempo venhamos chegar ao padrão mínimo de organização do trabalho.

 Estrutura Física

- Sala: parece uma utopia, mas um local próprio serviria para que houvesse um melhor atendimento pela Secretaria e Tesouraria da EBD, bem como, proporcionaria um espaço para organizar os arquivos da escola. Além disso, como a educação cada vez mais exige a utilização de materiais e equipamentos próprios, estes devem ter um local adequado para sua conservação.

- Móveis e equipamentos: neste ponto podemos destacar como sendo os móveis e equipamentos básicos necessários, os seguintes: uma mesa (com cadeiras), um arquivo (para pastas suspensas), um armário de aço, um computador (completo), uma calculadora, um quadro de avisos (mural), etc.

 Recursos Materiais

- Material de expediente: papel ofício, lápis, caneta, borracha, estilete, tesoura, fita gomada, clip, grampeador, perfurador de papel, régua, pastas (suspensa, AZ e classificatória), dentre tantos outros tipos de materiais que são utilizados na rotina administrativa.
- Materiais Específicos: cadernetas, livro de relatório, livro caixa, revistas para vendas, fichas de matrículas, etc.

É importante lembrar que a organização de uma Secretaria de EBD depende muito mais da pessoa que está na função, do que dos recursos disponíveis.

2. PERFIL E ATRIBUIÇÕES

 Perfil

Características Espirituais
- Deve ser crente salvo; Membro da Igreja (com algumas exceções); ter bom testemunho; obedientes à liderança da EBD e da Igreja.

Características Pessoais
- Deve ter bom relacionamento interpessoal (fácil de lidar); ser bem humorado, organizado, criativo, motivado, honesto, otimista, pontual e assíduo.

Competências
- Deve ter uma boa leitura; boa caligrafia; ter noções de cálculo (quatro operações básicas e porcentagem); ter noção de digitação;

 Atribuições

Secretário(a)
- Matricular e manter em ordem as fichas dos alunos;
- Manter as cadernetas atualizadas com novas matrículas, desistências ou transferência de classe;
- Preparar mensalmente os relatórios espiritual e de frequência;
- Elaborar estatísticas por classe para acompanhamento da evolução dos percentuais de frequência e demais dados constantes na caderneta das classes;
- Assistir o coordenador nas reuniões e demais eventos realizados pelo departamento.

Tesoureiro(a)
- Registrar as entradas e saídas de dinheiro;
- Elaborar em conjunto com os professores o pedido das revistas;
- Realizar a venda das revistas;
- Realizar a compra de materiais para uso na escola;
- Preparar o relatório financeiro mensal;
- Repassar ao Coordenador de EBD da congregação o recurso da 2ª oferta, para que este encaminhe ao Pastor da Área.

3. PREENCHIMENTO DE RELATÓRIOS

Os relatórios serão divididos em dois formulários, sendo o primeiro o Relatório Financeiro, e o segundo o Relatório de Frequência e Espiritual.

A entrega dos relatórios, junto a Secretaria da EBD no Templo Central, será efetuada pelo Coordenador de EBD da Área até o dia 10(dez) de cada mês.

 Relatório Financeiro

ÁREA: informar a área que pertence a congregação.

CONGREGAÇÃO: o nome completo da congregação.

MÊS/ANO: informar o mês e o ano a se referem os dados do relatório.

RECEITA: nesta tabela deverão ser informadas as entradas em dinheiro, conforme a origem (ofertas das classes, 2ª oferta, doações, pagamento de revistas, etc.), e de acordo com a data (domingo) de entrada.

DESPESA: lançar as despesas a sua aplicação.

SALDO - TOTAL DE RECEITAS MENSAL: neste campo irá constar o total de todas as receitas no mês.

SALDO - SALDO DO MÊS ANTERIOR: informar o saldo que restou do mês anterior.

SALDO - TOTAL DE SAIDAS MENSAL: informar o total de despesas no mês.

SALDO - SALDO MENSAL: o valor informado neste campo será o resultado da soma do total de receitas no mês com o saldo do mês anterior, menos (subtraído) o total de despesas do mês.

OBSERVAÇÃO: TODAS AS DESPESAS DEVERÃO SER COMPROVADAS ATRAVÉS DE NOTAS OU RECIBOS.

 Relatório de Frequência e Espiritual

ÁREA: informar a área que pertence a congregação.

CONGREGAÇÃO: o nome completo da congregação.

MÊS/ANO: informar o mês e o ano a se referem os dados do relatório.

QUADRO DA EBD: registrar o número de classes e professores por tipo de classe.

FREQUÊNCIA MÉDIA: o dado a ser informado neste campo será a média do mês em cada campo.

Por exemplo: em certa EBD, a classe de Maternal possuía no 1° domingo do mês um total de 15 alunos matriculados, no 2° domingo o total aumentou para 17, permaneceu o mesmo total no 3° domingo, já no 4° domingo o numero de matriculados era de 14.

Para encontrar a média de alunos matriculados da classe de maternal neste mês deverá se proceder o seguinte cálculo:

1° A soma do total em cada domingo(TM): 15+17+17+14 = 63
2° O valor da soma de todos os domingos deverá ser dividida pelo número de domingos do mês, no caso em questão seriam 04 domingos, portanto: 63 ÷ 4 = 15,75, vamos ver a fórmula utilizada:


OBSERVAÇÃO: A MESMA FÓRMULA DEVERÁ SER APLICADA PARA ENCONTRAR AS MÉDIAS MENSAIS DE PRESENTES, AUSENTES, VISITANTES E TOTAL DE PRESENÇA.



MOVIMENTO ESPIRITUAL: nesta tabela serão informados os dados referentes aos trabalhos realizados pela EBD da congregação durante o mês.



CÁLCULO PARA ENCONTRARMOS O PERCENTUAL DE FREQUÊNCIA

Para chegarmos ao percentual de freqüência de uma classe no mês, utilizamos duas informações principais a média de alunos matriculados (=M) e a média de alunos presentes (=P), portanto podemos aplicar a seguinte fórmula:





OS DEZ MANDAMENTOS DAS RELAÇÕES HUMANAS

1) FALE com as pessoas. Não há nada tão agradável e animado quanto uma palavra de saudação, particularmente hoje em dia quando precisamos mais de sorrisos amáveis.

2) SORRIA para as pessoas. Lembre-se, que acionamos 72 músculos para franzir a testa e somente 14 para sorrir.

3) CHAME pelo nome. A música mais suave para muitos, ainda continua sendo o próprio nome.

4) SEJA amigo e prestativo. Se você quer ter um amigo, seja um amigo.

5) SEJA cordial. Fale e aja com toda sinceridade: tudo o que fizer, faça-o com todo o prazer.

6) INTERESSE-SE sinceramente pelos outros. Mostre que as coisas da qual gostam e com as quais se preocupam também têm valor para você, de forma espontânea, sem precisar se envolver diretamente.

7) SEJA generoso em elogiar, cauteloso em criticar. Os líderes elogiam. Sabem encorajar, dar confiança, e elevar os outros.

8) SAIBA considerar os sentimentos dos outros. Existem três lados em qualquer controvérsia: o seu, o do outro, e o que está certo.

9) PREOCUPE-SE com a opinião dos outros. Três comportamentos de um verdadeiro líder: ouça, aprenda e saiba elogiar.

10) PROCURE apresentar um excelente trabalho. O que realmente vale nessa nossa vida é aquilo que fazemos para os outros.

Clique Aqui e baixe os slides da palestra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião